219 458 670 / 219 446 417 | geral@jf-moscavideportela.pt

ENTREVISTA

Nome: Eunice Ramos Proença

Funções: Tesoureira do Executivo da Junta de Freguesia

Idade: 38

Filhos: Três. João com 11 anos, Francisca com 7 anos e Bárbara com 3 anos

“…”

🎙Faça-nos uma breve descrição das funções na Junta de Freguesia de Moscavide e Portela?

Sou Tesoureira do Executivo, com Responsabilidade nos Serviços de Educação, no que respeita ao CAF e às Escolas do 1º Ciclo da Freguesia, assim como do Serviço de Gestão Financeira e Contabilidade e do Serviço Saúde e Intervenção Social.

🎙Como surgiu o seu envolvimento na atividade autárquica?

Com 18 anos filiei-me no partido socialista, fruto de influências familiares e por entender, desde muito cedo que o respeito pelos direitos sociais é fulcral na vida de todos. Sou, desde sempre, motivadora de medidas de justiça e de coesão social, sempre envolvida ora em Associações de Estudantes, ora em Associações de Pais, ora em Associações de Moradores, ações de voluntariado em diversas entidades, ações de formação para populações carenciadas, promoção de atividades de ligação entre pais, filhos, vizinhos, escolas. Interventiva. Gosto de participar em tudo o que respeita à comunidade mais próxima. Naturalmente, a minha carreira académica enveredou pelo mesmo caminho, licenciei-me em Gestão e Administração Pública, optando pela área de Administração Local e das Autarquias.

🎙Quais as dificuldades que encontra em conciliar a sua vida pessoal, profissional e familiar com a atividade autárquica?

Algumas, porque de facto gosto de estar em todo o lado. Não sendo possível, apoio-me no meu marido, nos familiares e outras pessoas, nas quais deposito total confiança.

🎙Fale-nos um pouco do seu dia a dia?

Começa bem cedo, às 8.15 tenho de deixar o filho mais velho na escola, seguido das manas até às 9.00. O meu horário de “expediente” pode ir das 9.00 às 24.00 com múltiplas funções, inúmeras reuniões diárias e dezenas de telefonemas.

🎙Quais as principais dificuldades que encontrou quando assumiu funções?

A “herança” financeira que encontrámos foi o panorama mais difícil, com o qual temos vindo a lutar com muito esforço. Depois, encontrei uma entidade sem método de trabalho e ausência de meios capazes. A resistência de algumas pessoas na aceitação das novas metodologias de trabalho, outra dificuldade. Porém, nós temos uma política de “valorização dos trabalhadores/colaboradores, dando mais e melhores condições, escutando as suas opiniões, incentivando à participação”, pelo que as dificuldades, depressa se tornaram soluções.

🎙O que o/a motiva nestas funções?

O facto de, diretamente, poder contribuir para uma sociedade onde a solidariedade, a justiça, a liberdade e a coesão social estejam em constante aperfeiçoamento, aplicando os valores da democracia. A liberdade, igualdade e solidariedade são pontos orientadores na minha gestão.

🎙Qual o projeto que gostaria mais de ver concretizado neste mandato?

Não consigo escolher um único projeto, são vários que gostaria de ver realizados, deixo contudo, alguns exemplos:
– alargamento da EB1 Catela Gomes, em Moscavide, evitando duplo horário
– alargamento do CAF, permitindo aumentar as respostas existentes
– serviço de apoio domiciliário
– obras de requalificação do Centro de Dia

🎙Se pudesse mudar algo que não está nas suas mãos nem ao alcance da Junta de Freguesia, o que mudaria?

Obras de requalificação na EB2 Gaspar Correia

🎙Qual a experiência mais enriquecedora que viveu até hoje no desempenho das suas funções?

O contacto diário com as pessoas, desde o mais novo, ao mais velho. Isto é o que, realmente, me move.

🎙Se lhe pedisse para definir numa frase o pertencer a este executivo da Junta de Freguesia, qual seria?

Sendo redundante: “Primeiro as Pessoas”

🎙Que mensagem gostaria de deixar a todos os Fregueses de Moscavide e da Portela?

Obrigado por acreditarem em nós.
“…”

Vamos Juntos. Primeiro as Pessoas!