219 458 670 / 219 446 417 | geral@jf-moscavideportela.pt

ENTREVISTA

Nome: Tiago Vaz Batista

Funções: Vogal do Executivo da Junta de Freguesia

Idade: 30

Filhos: Uma menina, a Carolina com 3 anos

“…”

🎙Faça-nos uma breve descrição das funções na Junta de Freguesia de Moscavide e Portela?

Sou Vogal do Executivo, as minhas funções passam por acompanhar, monitorizar e desenvolver projetos nas áreas em que detenho pelouros nomeadamente, nos serviços de Gestão de Frota, Desporto e Juventude e ainda Serviços de Desenvolvimento Económico.

🎙Como surgiu o seu envolvimento na atividade autárquica?

O meu envolvimento na atividade autárquica, nasce através do Partido Socialista. Em minha casa sempre estiveram presentes os valores socialistas. Sempre fui residente nesta freguesia, foi nesta freguesia que estudei, trabalhei e fiz amizades para a vida, foi natural o processo de me envolver com as questões da minha comunidade. Neste sentido é fácil estar próximo das pessoas, existe um relacionamento profundo com a comunidade, algo que é essencial para desenvolver as atividades autárquicas.

🎙Quais as dificuldades que encontra em conciliar a sua vida pessoal, profissional e familiar com a atividade autárquica?

No meu caso as funções que atualmente desempenho são a tempo inteiro, neste momento esta é a minha atividade, tenho apenas que conciliar a vida de autarca com a vida familiar, o que não é nada fácil. Exige-se uma total disponibilidade. Ser autarca é estar em atividade a toda hora, nós somos a resolução dos problemas que aparecem diariamente na vida das pessoas. Felizmente gosto muito do trabalho em prol da comunidade.

Obviamente que no quadro familiar a principal dificuldade é encontrar tempo para aqueles momentos em que a família nos exige total dedicação. Ser autarca é absorvente. Temos que desenvolver essa capacidade de organizar e encontrar tempo para tudo. Mas é muito compensador.

🎙Fale-nos um pouco do seu dia a dia?

O meu dia a dia é passado na procura constante de avançar e ter que encontrar soluções. Os problemas da freguesia assim o exigem. Adormeço sempre a pensar nas situações que devem ser resolvidas, bem como a planear medidas e ações que gostaria de implementar por acreditar serem mais eficazes. Para um autarca e principalmente nesta freguesia em que herdámos uma situação financeira muito complicada, temos de ser bastante criativos. Na maioria dos projetos, nas minhas áreas, existe a necessidade de envolver a comunidade e procurar parceiros para desenvolvê-los. Isso requer tempo e trabalho.

🎙Quais as principais dificuldades que encontrou quando assumiu funções?

Infelizmente logo no primeiro dia fomos confrontados com grandes dificuldades, quando digo dificuldades, refiro-me a coisas básicas. No mandato anterior o desinvestimento e desmantelamento na autarquia foi algo assustador, não existia material informático, por exemplo computadores com as mínimas condições para o trabalho dos serviços ser executado, nem o software utilizado era legal. Isto em simultâneo com uma grave situação financeira, onde não existia dinheiro para pagar vencimentos e os subsídios de natal desse primeiro mês, foi algo assustador.

🎙O que o/a motiva nestas funções?

Tenho três áreas que gosto muito e que tenho conhecimentos: Gestão de Frota, Desporto e Juventude e o Desenvolvimento Económico, esta última é aquela que maior conhecimento tenho, os meus pais são proprietários há muitos anos de um restaurante na freguesia, desde muito novo cresci na realidade do comércio local. Sem dúvida que é um privilégio poder contribuir para o desenvolvimento do comércio na nossa freguesia. Mas o que mais me motiva é o trabalho de proximidade com a população, o ajudar na implementação de projetos que melhoram de forma direta a vida da nossa população.

🎙Qual o projeto que gostaria mais de ver concretizado neste mandato?

O novo Mercado de Moscavide. Trata-se de um projeto arrojado de enorme impacto, um passo de extrema importância para a modernização do comércio na freguesia. Assim como a construção do parque de estacionamento subterrâneo, algo que vai efetivamente minimizar um dos maiores problemas existentes na freguesia, que é a falta de estacionamento.

🎙Se pudesse mudar algo que não está nas suas mãos nem ao alcance da Junta de Freguesia, o que mudaria?

Existem dois projetos que não estão dependentes da Junta de Freguesia, mas que temos a obrigação de estar ao lado da população para revindicar: Resolver o problema de estacionamento em Moscavide e trazer o metro a Portela. Estes dois projetos são essenciais para a valorização e crescimento da freguesia. Se estivesse nas minhas mãos, era o que eu faria.

🎙Qual a experiência mais enriquecedora que viveu até hoje no desempenho das suas funções?

Não consigo destacar uma experiência, são os momentos diários que me enriquecem, ter o privilegio de ajudar a comunidade, para mim é a maior das recompensas.

🎙Se lhe pedisse para definir numa frase o pertencer a este executivo da Junta de Freguesia, qual seria?

“Só é vencido, quem desiste de lutar”. É uma frase que me diz muito, tem nela parte da história do meu país e valores que me foram passados pelo o meu partido político de sempre.

🎙Que mensagem gostaria de deixar a todos os Fregueses de Moscavide e Portela?

A minha mensagem, é que podem contar connosco para ajudar a resolver os problemas, “Sem Desculpas “. Fomos eleitos para fazer melhor, existe presente nas dificuldades do dia-a-dia uma certeza, o caminho é este e vamos conseguir.

“…”

Vamos Juntos. Primeiro as Pessoas!