219 458 670 / 219 446 417 | geral@jf-moscavideportela.pt

EDITAL – PARQUE DE ESTACIONAMENTO SUBTERRÂNEO, NOVO MERCADO E PRAÇA PÚBLICA | CONCURSO

Foi publicado pela Câmara Municipal de Loures, no dia 12 de outubro o Edital nº 242/2020, referente ao Concurso Público para a construção do Parque de Estacionamento Subterrâneo, novo Mercado e Praça Pública em Moscavide, no âmbito do Processo 1/DPFA/DCP/2020.

UMA DAS MAIS ANTIGAS ASPIRAÇÕES DA VILA DE MOSCAVIDE

É de facto um dia marcante para este executivo que empenhou muita energia nesta obra, mas será ainda mais importante para a Vila e para a freguesia. Uma obra que projetamos, que propusemos e que tudo fizemos durante 2 anos para que viesse a ser uma realidade.

Esta obra e investimento de uma dimensão relevante, trará Moscavide para um novo ritmo e uma nova forma de se posicionar no contexto local e regional, fator decisivo para a geração de uma economia local mais forte.

Destaque-se ainda que no júri do concurso que avaliará as propostas, fará parte um elemento da Junta de Freguesia. Uma proposta deste executivo que rompe com um passado em que as comunidades locais não eram envolvidas no processo de decisão, levando a erros de conceção ou um total desencontro entre o que era realizado e o que era de facto necessário.

Nota: As imagens presentes nos anexos são meramente ilustrativas, utilizadas como ideias de projeto, assim como a abordagem a outros espaços não incluídos neste procedimento, servem apenas para uma abordagem mais ampla e uma perspetiva de revitalizações de novas zonas.

Edital: https://www.cm-loures.pt/media/pdf/PDF20201014102211510.pdf
Documentos: Processo 1/DPFA/DCP/2020. https://www.cm-loures.pt/…/Anexos_Procedimento_Concurso…

Estamos onde e como devemos estar; no centro da defesa dos interesses de uma comunidade, com uma voz ativa, dinâmica, assertiva que busca os consensos, mas sabe para onde quer ir.

Este executivo assume os seus compromissos e continuará a trabalhar diária e arduamente para que todos os investimentos fundamentais para a freguesia sejam realidades e para que a qualidade de vida dos cidadãos seja cada vez mais o fator que nos une como comunidade e nos distingue pela positiva.

Vamos Juntos. Primeiro as Pessoas!